Notícias

Outubro Rosa: dê passagem à saúde!

O Outubro Rosa, celebrado anualmente desde os anos 1990, tem como principal objetivo compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama, além de proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento. O nome da campanha remete à cor do laço, símbolo usado internacionalmente por diversas organizações e empresas, incluindo o Grupo CSC, que contribuem na luta contra a doença.

 

Sobre o câncer de mama

Esse é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo, depois do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, ele também acomete homens, representando menos de 1% do total de casos da doença. São vários os tipos de câncer de mama, e alguns podem evoluir de forma mais rápida, entretanto a maioria dos casos tem bom prognóstico.

 

Apesar de não ter uma causa única, diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolver o câncer de mama, tais como: idade, fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários.

Prevenção: uma aliada importante nesta luta

 

Quando o câncer de mama é detectado em fases iniciais, as chances de tratamento e de cura aumentam em grande parte dos casos. Por isso, é importante que as mulheres realizem o autoexame – exame de toque das mamas – sempre que se sentirem confortáveis e fiquem atentas a qualquer alteração suspeita. Isso significa se conhecer, se amar e se cuidar!

A detecção precoce da doença também pode ser feita pela mamografia de rastreamento, quando realizada em mulheres sem sinais e sintomas da doença. Existe também a mamografia diagnóstica, que investiga lesões suspeitas da mama e pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico.

Atualmente, a recomendação no Brasil é que a mamografia seja ofertada para mulheres entre 50 e 69 anos, a cada dois anos. Lembre-se sempre de consultar o seu médico de confiança.

O Grupo CSC apoia o movimento Outubro Rosa e acredita que, no trânsito e na vida, o cuidado tem sempre preferência. Faça o autoexame das mamas, previna-se!